A diversidade nos grandes eventos hoje em dia


Estive pensando sobre isso na minha última experiência num grande evento, que foi o carnaval do Rio de Janeiro desse ano.  Há muito tempo frequento a apoteose, onde são realizados os desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro (grupos de acesso e especial), e nos últimos três anos, frequento o mesmo camarote.

O que me despertou para essa diversidade, foram os shows realizados dentro do camarote, pela variedade de estilos (rock, funk, música baiana, eletrônica etc), e a quantidade de gente que sequer foi na chamada “varanda” ver as escolas passarem pela avenida.  Ou seja, a Sapucaí, para os que frequentam os camarotes, não se resume mais a escolas de samba apenas e sim a festas e shows realizados, com bebidas e comidas liberadas. Uma grande maioria não sabia sequer qual escola ia desfilar naquele dia!

Mas se pensarmos bem, temos vários exemplos disso, nas olimpíadas e paraolimpíadas realizadas no Rio em 2016 também não se tratava só de jogos. Havia toda uma estrutura de casas dos países, onde em muitas tinha-se festas, exposições, bares; o boulevard olímpico, onde ocorriam vários shows; a própria cidade olímpica tinha muito mais do que as arenas onde se realizavam as competições. Quando fui, havia gente comprando um ingresso qualquer (de um jogo que nem sabia e nem iria ver) só para poder entrar e usufruir das atrações que a cidade olímpica proporcionava.

Muito doido isso, né?

Outro exemplo é o grande evento de música, o Rock in Rio, que acontece de 2 em 2 anos no Rio, que deixou de ser um evento só de rock desde seu “ressurgimento” em 2001. Contando também com uma enorme estrutura de bares, roda gigante e até tirolesa…além de comtemplar vários estilos de música (do pop ao rock). Eu, como boa roqueira, me rendo somente aos dias do “Metal”!

O que me faz refletir que hoje em dia os grandes eventos são multifacetados, tentando abranger o maior público possível, pela diversidade de atrações. Não se foca mais só no objetivo principal (o desfile da escola de samba, o jogo olímpico, o rock), mas sim em atender a todos os “gostos” (podemos assim dizer).

Então, meu palpite é: não se prenda só pelo título do evento…vá e se depare com uma grande diversidade de atrações que certamente terá uma que vai te agradar…

E você, tem algum palpite de algum evento que vai rolar? Já perceberam que sou adepta aos grandes eventos, né!

Posts Relacionados

Diversidade em Hollywood: uma nova tendência? Neste mês, aqui no Rio, está acontecendo, até dia 25/06, o Shell Open Air, cinema ao ar livre. Além de diversas atrações, o festival trouxe na program...
Caindo na real: como me encantei com o feminismo   Acabei de ler o livro “Para educar crianças feministas”, da escritora Nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, o que serviu para que eu mudasse o...
Rafa Guimaraes

advogada, petropolitana radicada no Rio, mãe de Bernardo e Felipe, meia maratonista, festeira, nossa loura verdadeira e, claro, palpiteira.

VEJA OUTROS PALPITES

7 Comentários

  • Eliezer
    1 de junho de 2017 at 22:44

    Só a fila da tirolesa do Rock in Rio já dá assunto para umas três crônicas, kkkkkkkk

    • rafaela
      2 de junho de 2017 at 08:58

      Com certeza Eliezer….kkkkk
      Vamos ver o que o Rock in Rio 2017 aprontará esse ano…..eu estarei lá, claro, e depois conto para vocês aqui
      bjs

  • Fred
    2 de junho de 2017 at 10:56

    Realmente a diversidade em grandes eventos é uma realidade tanto na nas atrações como na ” Diversa idade” presente, onde agrada a todas as faixas etárias.

  • Mariana
    5 de junho de 2017 at 09:40

    Caramba amiga! Não sabia desses shows no camarote da sapucaí. Passada! Pra mim era só o sambão mesmo! amei o blog RAFAELA kkkkk

    • rafaela
      5 de junho de 2017 at 22:42

      Pois é….muitos não sabem dos eventos “paralelos” que existem dentro de um megaevento! kkkk
      Que bom que gostaram….e continuem palpitando conosco! bjs

  • Leila
    5 de junho de 2017 at 09:56

    Muito interessante e esclarecedor o seu blog. Como disse a participante Mariana, também fiquei sabendo agora das festas paralelas ao desfile. Maravilha, vamos aproveitar as festas com muita alegria na alma!!

  • maria carolina
    7 de junho de 2017 at 17:20

    Rafa, tenho um palpite aqui… estou achando que as festas juninas já começam a entrar para o rol desses mega eventos com opções que fogem ao tema principal… vamos conferir?!
    Beijos!!!

DEIXE SEU PALPITE

Siga o Palpitando

Os Palpiteiros

Carol, Rafa, Gi, Marcos e Beta

Carol, Rafa, Gi, Marcos e Beta

Somos cinco amigos muito palpiteiros que gostariam de convidar todos para entrar nessa sala de estar virtual e, junto conosco, tornar-se um palpiteiro por aí...